As cartas de Elise


    

     (Foto colhida na web)

     

      E uma voz me acaricia,

      um pensamento a delirar...

      o teu chamado me alicia,

      instiga um jeito de imaginar.

      E a mão conduz à fantasia,

      pas de deux no ar,

      rosto colado em sincronia

      e um sorriso salutar.

      São dois pra lá em alegria,

      são dois pra cá a bailar;

      é um gesto que contagia,

      é um carinho de calcanhar

      dentro da noite fria

      em que enveredo a dançar.

      É a tua pele que me vicia,

      e o meu corpo a arrepiar;

      eu penso que não deveria...

      eu sinto que não quero parar,

      e então, meus olhos eu apertaria,

      a fim de não acordar,

      e com você, eu sonharia,

      e por você, vou suspirar.

      Noite adentro essa magia,

      madrugada afora a sussurrar;

      o teu beijo, que me sacia,

      o meu abraço, a te apertar.

      Outro desejo nem existiria,

      que não este, a exaltar

      esse encaixe, com maestria,

      que teu corpo, no meu, faz estar.

      Tu embaixo, e eu mexeria,

      nós de lado, eu a rebolar;

      tu por cima, eu insistiria:

      - cola em mim, bem devagar...

      e então meu corpo tremeria,

      sob o teu corpo a gozar;

      choro e riso em sintonia,

      êxtase que faz despertar.

      (...)

      E desta noite, a nostalgia,

      deste sonho, o recordar;

      e da madrugada, ficaria

      no meu corpo, o teu verbo: amar.

 

     ( Pela eternidade eu dormiria

      para, contigo, poder sonhar. )

 

      ps: dorme com os anjinhos.



 Escrito por Elise às 22h09
[   ] [ envie esta mensagem ]





 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Cinema e vídeo, Livros, Fotografia, Música, Internet.
MSN - elise2004@uol.com.br
Histórico
  01/12/2013 a 31/12/2013
  01/07/2013 a 31/07/2013
  01/02/2013 a 28/02/2013
  01/06/2012 a 30/06/2012
  01/03/2012 a 31/03/2012
  01/09/2011 a 30/09/2011
  01/05/2011 a 31/05/2011
  01/09/2010 a 30/09/2010
  01/05/2010 a 31/05/2010
  01/02/2010 a 28/02/2010
  01/01/2010 a 31/01/2010
  01/11/2009 a 30/11/2009
  01/10/2009 a 31/10/2009
  01/09/2009 a 30/09/2009
  01/07/2009 a 31/07/2009
  01/06/2009 a 30/06/2009
  01/03/2009 a 31/03/2009
  01/01/2009 a 31/01/2009
  01/11/2008 a 30/11/2008
  01/10/2008 a 31/10/2008
  01/08/2008 a 31/08/2008
  01/07/2008 a 31/07/2008
  01/06/2008 a 30/06/2008
  01/03/2008 a 31/03/2008
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004


Outros sites
  A vida por diversos ângulos...
  Angel of Silence - Che Vianna
  Avesso do Avesso - vol. 2
  Blogalizando
  Casa de solteira
  Coisas do Chico
  Converse com a Cherry
  Cores Humanas
  Enquanto isso
  Eu inverso
  Feita em versos
  Identidade de um eu.
  It is all about girls... or men
  Jornal de meia-tigela
  Loba
  Meu nome é Gal!
  Minhas entrelinhas
  Mulher de mau humor
  Nada é por acaso
  No meio das águas
  Nonato - Poesia e jornalismo
  O canto mais escuro e sem sentido
  O fio das palavras
  Palimpnóia
  Poesia & Cia
  Oceanos e desertos
  Ponto Gê
  Poros e Cendais
  Sem pé nem cabeça
  Primeira Viagem
  Sombras e Sonhos
  Sombras e Sonhos 2
  Turn chaos into art
  Verso & prosa encadeados
  Voando pelo céu da boca
Votação
  Dê uma nota para meu blog