As cartas de Elise


       (Foto:Elvira Mueller)

 

          Amor...

          de enredo de episódicos sonhos,

          devaneio em transparência lilás,

          benignamente desvairado.

          Meu amor...

          de utópicos desvanecimentos,

          deliciosamente efêmero,

          desavisado.

          Amor de sorriso derramado,

          de olhar estrelado...

          Amor onírico.

          Prende-me em ti,

          amor das minhas noites de desejo,

          razão dos meus doces ensejos,

          amor que tanto almejo...

          Amor de sonho;

          castelos no ar;

          Você pairando...

          Eu sonhando...

          Amor-guia

          de fantasias ainda não sonhadas;

          visão distorcida do meu paraíso

          tão desejado...

          Transforma meu sono em ilusão

          e deixa que eu te cative,

          te sonhe...

          Adormece-me.

          Amor lúdico.

          Sonho lúbrico.

          Meu sonho às avessas.

          Teu amor em mim.

                                      

                                 Elise



 Escrito por Elise às 19h55
[   ] [ envie esta mensagem ]




      (Foto: Assiek)

 

        Quero teu amor sobre o meu peito...

        Quero teu apetite incontido

        mordendo minha pele arrepiada...

        mastigando os sôfregos vestígios

        dessa minha saudade murmurada,

        dessa minha ânsia represada,

        segredada...

        Quero teus dentes em mim...

        Quero a marca da tua avidez

        saciando essa minha espera velada...

        cravando profundos sinais da tua fome

        em cada vontade sussurrada,

        em cada aresta espreitada,

        em cada fresta...

        Quero tua alma

        decifrando

        cada sutil movimento do meu corpo;

        quero teu corpo

        traduzindo

        cada tênue gesto da minha alma.

        Quero em mim, você;

        em cada desejo,

        em cada verso,

        em cada vão...

                                                     Elise



 Escrito por Elise às 01h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




            (Foto: The untold)

 

               Tenho em vigília comigo

               essa veemente vontade de rever antigos escritos

               que teimam em não evaporar

               dessas folhas amareladas

               que guardo em meu peito.

               Vou versando fortuitamente,

               imaginando esconder-te em cada palavra,

               em cada lavra sugerida,

               em qualquer letra sublinhada,

               em algum poema de partida,

               em todo verso de chegada.

               E, ao ler-me,

               penso não te encontrar...

               Algo me faz presumir

               que na junção dessas minhas estrofes

               eu não soubesse-te ali..

               Doce equívoco:

               a tua face ainda é

               a minha única poesia.

                                                      Elise



 Escrito por Elise às 15h38
[   ] [ envie esta mensagem ]





 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Cinema e vídeo, Livros, Fotografia, Música, Internet.
MSN - elise2004@uol.com.br
Histórico
  01/12/2013 a 31/12/2013
  01/07/2013 a 31/07/2013
  01/02/2013 a 28/02/2013
  01/06/2012 a 30/06/2012
  01/03/2012 a 31/03/2012
  01/09/2011 a 30/09/2011
  01/05/2011 a 31/05/2011
  01/09/2010 a 30/09/2010
  01/05/2010 a 31/05/2010
  01/02/2010 a 28/02/2010
  01/01/2010 a 31/01/2010
  01/11/2009 a 30/11/2009
  01/10/2009 a 31/10/2009
  01/09/2009 a 30/09/2009
  01/07/2009 a 31/07/2009
  01/06/2009 a 30/06/2009
  01/03/2009 a 31/03/2009
  01/01/2009 a 31/01/2009
  01/11/2008 a 30/11/2008
  01/10/2008 a 31/10/2008
  01/08/2008 a 31/08/2008
  01/07/2008 a 31/07/2008
  01/06/2008 a 30/06/2008
  01/03/2008 a 31/03/2008
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004


Outros sites
  A vida por diversos ângulos...
  Angel of Silence - Che Vianna
  Avesso do Avesso - vol. 2
  Blogalizando
  Casa de solteira
  Coisas do Chico
  Converse com a Cherry
  Cores Humanas
  Enquanto isso
  Eu inverso
  Feita em versos
  Identidade de um eu.
  It is all about girls... or men
  Jornal de meia-tigela
  Loba
  Meu nome é Gal!
  Minhas entrelinhas
  Mulher de mau humor
  Nada é por acaso
  No meio das águas
  Nonato - Poesia e jornalismo
  O canto mais escuro e sem sentido
  O fio das palavras
  Palimpnóia
  Poesia & Cia
  Oceanos e desertos
  Ponto Gê
  Poros e Cendais
  Sem pé nem cabeça
  Primeira Viagem
  Sombras e Sonhos
  Sombras e Sonhos 2
  Turn chaos into art
  Verso & prosa encadeados
  Voando pelo céu da boca
Votação
  Dê uma nota para meu blog